logolaranja.png
..::data e hora::.. 00:00:00

CEA aborda Santa Casa na
Voz do Empresário

   Com a colaboração do Jornalista Nilson Gomes e sob a direção do Presidente do CEA, Francisco Pedroso, o Programa “A voz do Empresário” ouviu na noite de 6 de junho de 2021, o empresário Roberto Luiz Segabinazzi, Presidente da mesa de direção da Provedoria da Irmandade da Santa Casa de Caridade de  Alegrete. 
O tema do Programa foi “Desafios da Santa Casa de Caridade de Alegrete, diante da Pandemia do Covid-19”, oportunidade em que Segabinazzi abordou os pontos determinantes da luta do Hospital para se manter com qualidade diante dos inúmeros desafios enfrentados desde a pandemia mundial. Desde 2019,  o Presidente compõe a Diretoria da Irmandade, mas com o falecimento do dirigente Milton Araújo, precisou assumir a Presidência para completar seu mandato frente à Mesa Diretora da Provedoria.  
Diante dos questionamentos dos entrevistadores, Roberto Segabinazzi, fez uma profunda analise sobre a importância do papel Santa Casa de Caridade de Alegrete para a comunidade local e regional. Destacou que os desafios passam pela permanente busca de recursos para atender as demandas, o que segundo ele se agravou com a Pandemia do Covid-19.
O entrevistado enfatizou aos internautas que a Provedoria juntamente com Poder Público Municipal, estadual e federal – montou uma estrutura eficiente com uma equipe de profissionais dedicados que atuam 24 horas sem tréguas para atender pacientes com sintomas e portadores da pandemia que abateu muitos e continua fazendo vítimas. 
No entanto o Presidente da Irmandade observou que  Alegrete é o município que teve menor índice de óbitos em proporção ao número de habitantes, enfatizando que a infraestrutura montada com “gripário”, o Hospital de Campanha, a nova UTI emergencial e iniciativas voltadas a uma gestão eficaz, viabiliza a excelência na qualidade dos serviços prestados à população. Porém, de acordo com o entrevistado, os custos também se elevaram subitamente com insumos, medicamentos e do oxigênio, o que pode ser constatado com os relatórios financeiros apresentados presencialmente no Programa através de planilhas conduzidas por Segabinazzi.
O dirigente apontou carências, porém acrescentou que os desafios estão sendo vencidos pelo apoio incondicional que as Entidades, Empresas, Clubes de Serviços e a comunidade estão efetuando, seja com doações e como através de apoios às campanhas promovidas pela Santa Casa de Caridade. Ele citou sucesso da Campanha “Juntos pela Vida” – que tinha  como objetivo maior aquisição do Novo Tomógrafo para o Hospital – que teve como um de seus mentores e grande incentivador Maurício Goldemberg. 
O referido movimento comunitário  arrecadou mais de R$ 380 mil – que, após decisão e apoio do deputado federal Ubiratan Sanderson- que auxiliou em carrear recursos do Ministério da Saúde, viabilizou o investimentos e permite agora que se invista em obras para instalar o equipamento junto ao Centro de Imagens Raul Englert. 
Outra  campanha de grande sucesso foi promovida pelos  produtores rurais, através da Campanha Agro Fraterno que  arrecadou mais de R$ 400 mil em doações, tendo liderança de  dirigentes e   associados  do Sindicato Rural de Alegrete, CAAL, Associação Saúde Rural, Associação dos Arrozeiros de Alegrete, produtores de Alegrete e  Manoel Viana, com destaque para Caio Nemitz, Pedro Piffero, Paulo Fleck, Luiz Plastina Gomes, Maria de Fátima Marchezan e outras pessoas que apoiaram a iniciativa.
Outro assunto que ganhou notoriedade está relacionado às obras de ampliação de   três  novas salas de Cirurgia e de recuperação que demandam valor superior a R$ 1,4 mil reais, além da Casa de Passagem das “Mães da Neo” – um investimento que será iniciado em breve com os recursos de R$ 500 mil, repassados pelo deputado Estadual  Luciano  Zucco, através de  emenda pessoal, já estando na conta do Hospital os referidos recursos.
Muito mais novidades foram levadas ao Programa pelo Presidente da Irmandade, como investimentos em Um laboratório para exames e prestação  de serviços  aos conveniados do CARESAÚDE, estudos para ampliação da UTI implantando 10 novos leitos, além de uma prioridade que é a contratação de mais profissionais especialistas nas áreas de cardiologia e neurologia. Esta, segundo ele, é uma demanda urgente que precisa de apoio dos entes públicos, da mesma forma que a busca do credenciamento dos  Serviços de Oncologia do SUS.
Segabinazzi enalteceu as conquistas que no seu entender resultam da união, integração, trabalho corajoso de muitos e apoio de todos os segmentos  da comunidade.

linha.png