logolaranja.png
..::data e hora::.. 00:00:00

12 anos salvando vidas de recém-nascidos
UTI NEONATAL é referência em salvar vidas de bebês prematuros

ft3.jpg

   Há 12 anos, no dia  1 de junho  de 2009, era oficializado e  inaugurada a UTI NEONTAL da Irmandade  da Santa Casa de  Caridade de Alegrete, através de  um trabalho  exaustivo de uma grupo de médicos pediatras apaixonados pela missão de ser médicos. A médica Marilene de Oliveira Campagnollo, os médicos   Antônio Roberto Nunes (Dr. Bebeto),  Sérgio Simões – que  sempre lideraram todos os  movimentos em defesa da criação da UTI NEONATAL, além de um número de enfermeiros, técnicos e  auxiliares   diretos daquela Casa Hospitalar.  Com trabalho obstinado dos médicos e por saber da  necessidade  que urgia, o Provedor  Antônio Jorge   de Lima Barcellos de Souza  e  a administradora/ enfermeira  Tailise Ribeiro  Lemes, investiram  pesados para concretização deste  sonho  que, há anos eram pensados. Inclusive com campanhas comunitárias por determinada  empresa  de   comunicação (porém, os recursos nunca eram aplicados devidamente). Porém, no dia 1 de junho  de 2009, este serviço   elementar  para salvar bebês prematuros, tornou-se realidade.  Um serviço com atendimentos om os mais sofisticados equipamentos de  última geração dentro da Santa Casa de Alegrete. Ao completar seus 12 anos de existência, significa dezenas de vidas salvas  e protegidas – lembra a médica pediatra/ colunista de Veículos, Marilene Campagnolo – que dedica  24/horas no pensar, agir e  trabalhar na UTI NEONATAL. É a sua paixão pessoal/profissional/ cidadã. Não diferente é o médico Antonio Roberto Nunes (Dr. Bebeto) -  que afirma é ali que passaram e irão passar muitas histórias de vitórias e evoluções de vida humanas.  A UTI Neonatal de Alegrete que é a primeira morada de muitos bebês prematuros completa 12 anos, confirmam  os médicos pediatras.
O trabalho tornou-se  na  região Fronteira – Oeste como referência no Estado do RS, porque, os índices de  mortalidade  infantil baixou   significativamente  dos  índices históricos, embora os custos para manter  este Centro de Referência Infantil onde as camas/berçários, equipamentos e tecnologia são de altos valores, porém, as vidas salvas  não tem valor que pague, diz a  médica. Temos resultados muitos  otimistas  nestes  12 anos, destaca a chefe da UTI NeoNatal, médica Marilene Campagnollo.

Vanessa Moraes, coordenadora do grupo voluntário Mães da Neo Alegrete diz que, logo após o nascimento, filhos de mães de Alegrete e outras cidades do RS recebem, além de cuidados, muito amor e carinho junto às suas famílias.
As mães que tiveram na Neo a primeira casa de seus filhos, alguns pesando 500 gramas só expressam gratidão pela existência de cada pessoa que atua no local e, de acordo com Vanessa Martins Moraes da Silva (Mãe de  Davi), não é equipe, mas a família
Neonatal de Alegrete.

   Os testemunhos de mães, pais e  famílias  inteiras de gratidão são incontáveis, basta circular pelo acesso que antecipa o Centro da Neonatal, onde fotos, depoimentos e carinho estão  expressos  pelas paredes. A tudo isso, destaca-se o sonho do médico Romário Araújo de Oliveira(Benemérito)  que, sempre sonhou com a construção de um Hospital Materno Infantil, hoje concretizados por mãos tão abençoadas como da médica Marilene de Oliveira Campgnolo, dos médico Antônio Roberto Nunes (Dr. Bebeto), médico Sérgio Simões, e bem antes, pelo médico José Carlos Diniz Barradas (Dr. Barradinhas).

   Hoje, com total de 10 leitos, sendo oito do SUS e dois de convênio. Os oito do SUS estão lotados.
-São 12 anos de muito trabalho e dedicação de uma equipe qualificada em neonatologia, pediatria, enfermagem, fisioterapia, fonoaudiologia, psicologia, nutrição e assistência social, destaca o Provedor Roberto Luiz
Segabinazzi – que antes, como integrante do Lions Club
Alegrete Ibirapuitã, sempre investiu todos os recursos das edições das Festas
Italianas e outras promoções na UTI Neonatal.

Outros sonhos se concretizam

   E, para marcar as  comemorações dos 12 da UTI Nonatal do Hospital da Santa Casa de Caridade de Alegrete, recentemente foi inaugurada pedra fundamental para construção da CASA DAS  MÃES DA NEO, através de  recursos repassados pelo deputado estadual Luciano Zucco, no valor de R$ 500 mil. 
Já a  diretoria do RC Alegrete Norte Centro, repassará equipamento MONITOR FETAL CARDIOTOGRAFO-GEMELAR BIONET  FC 400 -, no valor de R$ 12.000,00  que, era uma necessidade urgente conforme a
médica Marilene de Oliveira
Campagnollo. 

A importância de todos, juntos!

   Deve destacar que estas  grandes  conquistas e investimentos só são possíveis graças ao apoio dos Clubes de Serviços (Rotary, Lions, Casa da Amizade, Sofial, Grupo Mãos Dadas), que representam todos os segmentos da  comunidade, além de empresas como CAAL, SICREDI Essência, UNICRED Ponto Capital, Pilecco Nobre Alimentos, AgroNimitz, Sindicato Rural de Alegrete,  produtores  rurais, empresas e entidades), que reconhecendo o trabalho de transparência, seriedade e comprometimento da  Provedoria da Santa Casa ( atuam sem ônus), gestões administrativas – leiam-se Antônio Jorge de Lima Barcellos de Souza ( Provedor por 17 anos), Milton Araújo, (1 ano) e, agora, o empresário Roberto Luiz Segabinazzi e a mesa diretora integrada pela Irmandade da Santa Casa, destacando o eficiente trabalho da gestora administrativa, Tailise Ribeiro Lemos – que permanece nas funções de gestora por mais de 15 anos, sempre buscando desenvolver e atender os anseios de toda  comunidade. Também o corpo de médicos, enfermeiros, técnicos, auxiliares, áreas administrativas, serventuários dos mais importantes setores (lavanderia, limpeza, segurança, ...), que precisam ser destacados e valorizados dentro do conjunto de pessoas  que movem toda  a estrutura funcional e administrativa da Irmandade da Santa de Caridade de Alegrete.

linha.png