logolaranja.png
..::data e hora::.. 00:00:00

Cooperativas lançam plataforma digital para revolucionar o agro gaúcho

FOTO SMARTCOOP ABRIL 2021.jpg

   Na terça-feira, 20 de abril as cooperativas gaúchas apresentaram a plataforma digital SmartCoop, iniciativa que integra 30 das maiores cooperativas agropecuárias do Rio Grande do Sul e milhares de produtores em um ecossistema de inovação digital. Organizado pela Federação das Cooperativas Agropecuárias do RS (FecoAgro/RS) o seminário virtual de apresentação da plataforma SmartCoop teve a transmissão pelo Canal Rural na TV, site, Facebook e YouTube.

Segundo o presidente da FecoAgro/RS, Paulo Pires, a ideia partiu da tese de doutorado do diretor superintendente da CCGL, Guillermo Dawson, com o objetivo de realizar um grande programa no sistema cooperativista agropecuário gaúcho dentro da linha de intercooperação e inovação defendida pela entidade. “Começamos lá atrás aprovando no Conselho, depois passamos pelos presidentes de Cooperativas que aprovaram o projeto por unanimidade. Fizemos um longo trabalho com os nossos executivos com 21 profissionais das mais diferentes áreas, talentos nossos coordenados pelo Dawson”, salientou.

No processo para implantar o projeto, foram visitados o Vale do Silício, nos Estados Unidos, e a Alemanha, duas nações expoentes do desenvolvimento tecnológico mundial. De dezembro de 2019 a junho do ano passado, ocorreram os primeiros passos para a montagem da plataforma, em três áreas: propriedade digital, comercialização e central digital de compras.

A ferramenta tem por objetivo ser um divisor de águas para a produção gaúcha porque agrega um ganho expressivo de competitividade e poderá ser acessada por 173 mil produtores responsáveis pela colheita de metade da safra gaúcha de grãos. A SmartCoop chegou para facilitar o dia a dia dos cooperados, reunindo em um único local, informações sobre sua produção, imagens via satélite, previsão meteorológica por talhão e dados de mercado.

A plataforma, além de ser uma ferramenta de gestão, também vai promover o estreitamento da relação entre o corpo técnico das cooperativas e seus associados. Por ela também será possível negociar insumos de forma coletiva e comercializar a safra visando elevar a competitividade de todo o setor agropecuário cooperativista.

O desenvolvimento da plataforma digital SmartCoop foi conduzido por dezenas de profissionais das cooperativas do RS que, durante dois anos trabalharam para entregar mais do que um simples sistema. A consolidação da ferramenta significa colocar à disposição do produtor rural informação na palma da sua mão, principalmente de uma juventude que chega com força à administração das propriedades rurais.

Paulo Pires, presidente da Fecoagro, reforçou o respaldo da CCGL em hospedar o projeto. Lembrou também que este passo de lançamento e promoção foi o primeiro a ser concluído e que agora as cooperativas darão a continuidade dentro de suas regiões. “Temos variáveis como a faixa etária, a disponibilidade de sinal de internet, mas temos esperança que vai mudar muito a relação dos nossos associados com as nossas cooperativas e trazer uma influência muito forte na gestão da propriedade. Tenho certeza que a relação da cooperativa com os produtores vai mudar muito”, destacou o diretor.

O aplicativo, que já está em operação junto a 90 produtores em 30 cooperativas associadas à entidade, em breve estará disponível aos associados da CAAL. A cooperativa alegretense está em fase de implantação com ajustes dos módulos da propriedade e comercialização que precisam “conversar” com o sistema interno da CAAL. Quando estiver completamente funcional a cooperativa comunicará aos seus associados que poderão utilizar este importante canal de interação digital capaz de levar os cooperados ao mundo digital de forma integrada e cooperativa.

A Smartcoop estará disponível apenas para associados das 30 cooperativas integrantes do projeto. São elas: Languiru, Santa Clara, CAAL, Cotrisul, Camnpal, Camal, Piá, Coagrijal, Coomat, Cotricampo, Cotrisel, Cotrijuc, Cooperoque, Cotrirosa, Coopermil, Coopatrigo, CCGL, Agropan, Cotribá, Cotrijal, Cotriel, Coagrisol, Cotripal, Cotrisoja, Cotrifred, Coagril, Cotrisal, Coopibi, Cotapel e Coasa.

 

linha.png